Home: Parque Tecnológico de Sorocaba
IN MEMORIAM - Competência e companheirismo são legados de Bruno Leite


IN MEMORIAM - Competência e companheirismo são legados de Bruno Leite
Foi na tarde de terça-feira (8) que uma notícia chocou os diretores e colaboradores do Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) e da Agência de Desenvolvimento e Inovação (Inova Sorocaba): a morte, de forma precoce, de Edson Bruno Leite. Ele foi vítima de um aneurisma da aorta abdominal.

 

Atualmente, Bruno Leite, como era mais conhecido, ocupava o cargo de diretor de projetos do PTS e estava diretamente ligado à coordenação do Centro de Excelência em Tecnologia (CET 4.0). Para amigos pessoais e colegas de trabalho, ele deixa um legado de profissionalismo, competência e companheirismo.

 

O presidente do Parque Tecnológico, Nelson Tadeu Cancellara, lembra que conheceu Bruno Leite dentro do próprio PTS. “Ele me contou a sua trajetória profissional e falou sobre as multinacionais para as quais havia prestado serviço”, discorre. “Até então o Bruno fazia trabalhos secundários no Parque. Eu o convidei para ser coordenador de projetos e ele, prontamente, aceitou.”

 

Cancellara via no rapaz um excelente profissional que, inclusive, colaborou em muitas ações das áreas de capacitação e economia criativa. Sua última tarefa foi como coordenador do projeto PTS na Escola – ônibus que leva aos alunos da rede municipal de ensino noções de robótica e da cultura maker, o faça você mesmo. “Além de um ótimo colega de trabalho, o Bruno era consciencioso, prestativo e vai nos fazer muita falta”, afirma.

 

O diretor executivo da Inova Sorocaba, André Santos, conheceu Bruno Leite em 2008, quando ambos faziam parte do Instituto de Tecnologia da Flex, e o reencontrou no Parque Tecnológico. “Um grande parceiro, leal, solícito, comprometido com a empresa e que ajudava a conectar as pessoas e a manter a equipe produzindo”, descreve. “Uma pessoa que nunca se negou a ajudar os outros.”

 

Foi o diretor jurídico da Inova Sorocaba, Giuliano Guerato, quem entrevistou Bruno Leite no processo seletivo para o cargo de coordenador de inovação. “Trabalhamos juntos durante três anos. O Bruno era muito versátil. Uma pessoa reservada e, ao mesmo tempo, um super pai.”

 

O presidente do Conselho da Inova, Josias de Souza, também conheceu o saudoso colega na Flextronics há 15 anos. Para ele, o colaborador que se foi era um profissional dedicado e honesto. “É uma perda muito sentida”, diz. “O Bruno era um amigo leal, voltado à família e focado no trabalho e nos objetivos, sempre em busca do melhor para a Inova e para todos.”

 

A consultora do CET 4.0, Marimar Guidorzi, teve a oportunidade de dividir projetos com Bruno Leite. Segundo ela, o colega, além de parceiro, era o tipo de pessoa que não hesitava em compartilhar conhecimento e ideias. “Era muito ético e sua principal característica era ser amigo”, destaca.

 

Por sua vez, Juliana Vieira Pinto, da divisão de desenvolvimento empresarial e agronegócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Sorocaba, atuou com Bruno no Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI). “Juntos demos vida ao site do Conselho e ele estava animado com o lançamento do Mapa da Inovação”, ressalta. “Dias atrás comentou comigo o quanto gostava de trabalhar com startups, se oferecendo, inclusive, para ser ouvinte no Comitê Gestor Municipal dos Microempreendedores Individuais, das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.”

 

Edson Bruno Leite tinha 51 anos, era casado com Gisele e deixa o filho Murilo. “Ele veio ao mundo para fazer o bem e cumpriu esta missão”, conclui o presidente do Parque Tecnológico, Nelson Cancellara.
 
 


Data: 10/03/2022




Compartilhar:

Formulário de Inscrição
Evento
EVENTO:
DATA: